12 Lições Para Você Ensinar A Seus Filhos Sobre Dinheiro

Como ensinar seus filhos sobre dinheiro? Como introduzir este tema de uma maneira que a criança compreenda? São muitas as dúvidas sobre como ensinar os pequenos sobre a importância do dinheiro.

Está lição pode e deve começar em casa, ensinar sobre valores, gastos e despesas, prepara desde cedo futuros adultos conscientes que sabem lidar com suas finanças e livres de endividamento.

Não sabe por onde começar? Não se preocupe, separamos 12 dicas que podem ajudar no momento de falar com seus filhos sobre este assunto.

  • 1- De onde vem o dinheiro?

Nada se consegue da forma mais fácil. Converse com seu filho. Explique sobre seu trabalho e que é a partir dos seus esforços que se consegue um salário. Você pode exemplificar de maneira simples como a família administra o dinheiro.

  • 2- O valor das coisas.

Quanto custa o que ele deseja? Se seu filho já tem mais de seis anos ou está aprendendo sobre os números e a contar, nas idas ao supermercado ou ao shopping, você pode ensinar a procurar pelo melhor preço e a comprar de maneira consciente.

  • 3- Dê uma mesada.

Comece com pequenas quantias, semanais ou mensais, que se encaixem no orçamento da família. Para ensinar a administrar o que ele possui naquele período, além de ajudar futuramente quando ele trabalhar e tiver seu próprio salário.

  • 4- Poupar dinheiro.

Use o famoso cofrinho. Ensine a poupar a quantia que recebe. Vocês podem juntos estabelecer um determinado valor e que ao final, com sua economia, ele poderá comprar algo que tanto deseja.

  • 5- Estimule objetivos a alcançar.

Crie objetivos. Com o dinheiro que sobra no final do mês da sua mesada, ele pode conseguir comprar aquele brinquedo que tanto deseja, ou se seu filho for adolescente, ensine que com essas economias ele pode ir ao cinema com seus amigos.

  • 6- Uso do Cartão de credito.

Se seus filhos já são maiores e usam o cartão de credito. Mostrar que é uma despesa a ser pensada e que ele exerce um peso no orçamento. Saber sobre as consequências do seu uso e que acarreta também a custos no final do mês.

  • 7- Viver com o que ganha.

Ajuda a futuramente não criar dividas. Aprender a lidar desde cedo a viver com o que ganha, estipular limites e a pensar na compra do que é necessário naquele momento. São medidas para não gastar além da conta.

  • 8- Querer x Precisar.

Eu quero ou eu preciso? Apresentar bem a diferença entre este dois verbos na vida financeira cria limites e pode ser uma reflexão sobre aquilo que a criança ou adolescente deseja comprar no momento.

  • 9- Praticar o desapego.

Desapegar é colocar em pratica o seu significado. Como por exemplo, doar um brinquedo antigo para dar espaço ao novo que ele juntou dinheiro para comprar. Aqui você não vai só ensinar a poupar, como também ensinar a criança a doar.

  • 10- Usar o NÃO.

É determinar limites. E com certeza é melhor ele ser preparado por você. Ninguém gosta de ouvir essa palavra, mas aprender a sua definição cedo é uma lição que vai ajudá-lo mais a frente.

  • 11- Ser consciente.

Quando seu filho o que é o valor e como pode muitas vezes demorar a juntar uma determinada quantia, de ser cuidadoso com os gastos para ele comprar o deseja, o torna ao final um adulto consciente e que sabe consumir de forma responsável.

  • 12- Seja o exemplo.

Bons exemplos. Filhos se espelham muito nas ações dos pais. Aprender a economizar deve começar com você, pode ser a forma mais rápida que ele perceba desde cedo a administrar o que ganha.

A partir dessas dicas você pode escolher as melhores maneiras ou pensar em como introduzir aos poucos estas lições na vida dos seus filhos. Assim no futuro, eles terão uma boa percepção de como fazer o uso correto do seu dinheiro.

Como você ensina seu filho? Comente logo abaixo e não deixe de acompanhar as próximas dicas.

Até logo.

Comentários