Como ganhar dinheiro investindo?

Uma economia instável preocupa qualquer pessoa. Entretanto, isso jamais será suficiente para abalar a confiança de pessoas que tenham visão de futuro e que não olham simplesmente para o valor do seu salário atual ou como podem gastá-lo, mas sim tentam encontrar maneiras de justamente fazer com que a quantia que possuem hoje possa render( ganhar dinheiro) para o futuro, seja ele a curto, médio ou longo prazo.

Para que isso aconteça de maneira mais natural e tranquila possível, existem caminhos e métodos mais seguros de fazer com que seu dinheiro gere ainda mais dinheiro para você e possa garantir a realização de um objetivo que você sempre almejou, antecipar a compra de determinado item, dar mais conforto a sua família etc.

A seguir serão apresentadas opções interessantes e que permitem uma introdução mais segura na área dos investimentos, algo que poderá lhe preparar para, caso seja o seu desejo, se aprofundar cada vez mais nesse mercado:

Letra de Crédito Imobiliário (LCI)

 Esse tipo de investimento é, na verdade, um conjunto de papeis que são emitidos por instituições financeiras com o intuito de adquirir aplicações para, a partir daí, injetarem essa quantia investida por seus clientes em financiamentos habitacionais. A partir da negociação desses títulos, feita na Bolsa de Valores, é possível se ganhar dinheiro com isso.

A única desvantagem nesse tipo de aplicação é a variável considerada para cada uma das instituições que disponibilizam as letras de crédito no que se refere a mínimo de capital necessário para investir. Porém o fato de serem isentas na questão da tributação sobre elas em si, no Imposto de Renda e considerada pela sua segurança um investimento de baixo risco acabam tornando-a uma opção muito sedutora no quesito rentabilidade.

Títulos Públicos

Os títulos que são atrelados ao caráter público (considerando nesse sentido aqueles além dos emitidos pelo Tesouro Nacional, que estão em uma categoria a parte) podem ser também uma alternativa muito válida no sentido de lucratividade com um menor risco de perda.

O raciocínio é praticamente o mesmo se comparado com o praticado nas LCI’s, já que são emitidos títulos com o intuito de angariar fundos para que os emissores desses títulos possam realizar um aporte financeiro em outra área. A diferença vital é que, no caso dos títulos, esse investimento é destinado a áreas de interesse como saúde, educação, cultura etc.

Sem isenção tanto no sentido de manutenção dos títulos como na declaração do Imposto de Renda, sua rentabilidade se facilita por duas modalidades existentes: A de prefixar a taxa de juros a ser coletada no vencimento desses títulos (de acordo com o cálculo do momento da aquisição) ou deixar como pós-fixada, sendo ela variável conforme o mercado financeiro se comporta.

Seja em qualquer um dos casos, a estimativa de rendimento sempre é muito alta.

Ações 

Para aqueles que se sentem mais seguros em adentrar de maneira mais firme e agressiva no quesito de investimentos, a Bolsa de Valores abre cada vez mais espaço e oportunidades para que seja crescente o número de proprietários de ações individuais.

Apesar da alta tributação (que pode chegar até 30% do valor investido), uma aposta variada em diversas opções de mercado e direcionada a empresas com dividendos regulares e saudáveis com certeza lhe fará, em um curto espaço de tempo, acumular ganhos que em momento algum investimentos mais conservadores serão capazes de lhe oferecer em tão pouco tempo.

Comentários