Fundos de investimento: É Na Rentabilidade Passada Que O Investidor Busca Ganhos Futuros

Há vários tipos de fundos no mercado brasileiro. Eles se encaixam em diferentes gostos e perfis para investidores. Além de existirem diferentes tipos de risco também. É nesse vasto campo de escolhas e principalmente de categorias disponíveis para aplicações, que investidores se sentem perdidos na hora de escolher.

Geralmente as pessoas ficam com dúvidas, na hora de optar entre os milhares tipos de fundos. Para muitos, não é tarefa fácil saber a opção que mais se adequa nas suas expectativas financeiras.

Segundo especialistas em investimentos, o primeiro passo é prestar atenção para pontos importantes. Isso é inevitável para a escolha de um fundo de investimento. Você precisa analisar e identificar se o fundo se adequa a seu nível de risco. Isso é importantíssimo, porque você precisa saber o risco que está disposto a correr.

Se seu dinheiro estiver investido e exposto a um mercado favorável de fundos de ações, o seu dinheiro ficará alocado em um fundo de menores riscos. Esses normalmente são os fundos de curto prazo ou os referenciados do DI.

Quando se trata de fundos de renda fixa, o investidor precisa de uma atenção maior em relação a sua rentabilidade. Isso porque alguns fundos desse tipo, podem apresentar uma instabilidade grande. Dependendo até do prazo de aplicação, o resultado pode ser negativo. E portanto, a rentabilidade negativa. Que é o que ninguém quer.

  • Rentabilidade passada

Os fundos têm um aviso ou referência (disclaimer). Eles trazem as informações de todos os fundos de investimento. Esse referencial é importe para os investidores, já que é através deles que pode se acompanhar a rentabilidade.

Geralmente é na rentabilidade passada que muitos se baseiam nos ganhos futuros. O investidor busca nela o que futuramente pode ganhar. Muitas vezes isso dá certo. Afinal, a tendência é que a rentabilidade passada continue como uma média. Ou então aumente no futuro.

Mas mesmo assim tome cuidado em relação a isso. Por que dependendo da situação econômica do país, e de sua instabilidade, isso pode oscilar. Não se esqueça que isso vale para qualquer tipo de investimento.

Em um cenário assim, não há garantia de que uma aplicação terá bons resultados futuros, só porque no passado isso aconteceu. Se o cenário econômico era muito diferente quando a rentabilidade passada foi boa, e agora está em crise, isso pode mudar.

Tirando certas peculiaridades, analisar a rentabilidade passada é primordial para você investidor. Ela é muito importante quando se fala em fundos de investimentos. Olhar o seu histórico para saber a capacidade do investimentoé o que sempre deve ser feito.

Isso porque é a partir da rentabilidade que o gestor pode verificar se aquele fundo está ou não conseguindo ser satisfatório se tratando dos últimos meses. Nunca esqueça de analisar aspectos importantes dessa vertente.

Eles são: Saber qual foi o desempenho do fundo anteriormente; Perceber se a rentabilidade foi realmente boa; É necessário analisar também a performance do fundo, porque se ela for ruim no passado, a tendência dela permanecer assim e se repetir futuramente é muito grande.

  • Regulamento e custo da aplicação

A leitura dos prospectos e do regulamento do fundo são atos muito importante para investidores. Por mais que poucos deles façam isso. Então não seja um deles. Esses documentos são fundamentais porque neles, está a explicação sobre a política de investimento da aplicação.

Além disso, nos documentos estão a explanação das taxas e outras características importantes. Todos esses fatos são significativos e sempre devem ser levados em conta antes de pensar em investir. O questionamento e a análise feita pelo aplicador, é fundamental para entender melhor o fundo e ganhar mais dinheiro com ele.

O segredo é quando você for investir, atentar para as taxas cobradas, estuda-las e procurar fundos que cobrem taxas menores. Através disso, você pode alcançar uma rentabilidade líquida maior e, consequentemente, garantir bons resultados.

Você como investidor, deve procurar por perfis de instituições e empresas, pesquisa-las e avalia-las.

Esse ato é importante para encontrar melhores e menores taxas nos fundos. Isso não pode deixar de ser feito nunca, principalmente se o valor a ser aplicado for muito grande. O normal quanto maior é o dinheiro investido, menores são as taxas e maior é o lucro.

Não deixe de acompanhar meu blog, estou sempre atualizando ele com muito mais.

Até a próxima.

Comentários